Eventos Literatura

III Bienal Brasil do Livro e da Leitura: Minha primeira Bienal!

Reprodução: Google
Olá leitores!
Do dia 21 à 30 de outubro, teve a III Bienal Brasil do Livro e da Leitura, no Estádio Nacional Mané Garricha, aqui em Brasília. E eu, finalmente, tive a oportunidade de participar. Eu nunca havia ido em nenhuma Bienal, mas como todos os amantes da literatura, eu tinha uma grande vontade de participar desse evento e saber o porquê de tantas críticas positivas. 
No dia 25 de outubro, uma terça-feira, a faculdade onde sou aluna decidiu levar nós alunos das turmas de Letras e Pedagogia para conhecer a Bienal, e é claro, não perdi a oportunidade. Ficamos no máximo duas horas, o que não deu para visitar o lugar de maneira mais calma e apreciar as palestras, porém consegui sentir um pouco do gostinho do evento e ficar louca com as promoções e quantidades infinitas de livros.


Reprodução: Eu com a Taty!

Além dos estandes de sebos, faculdades e livrarias famosas, me deparei com um exclusivamente de escritoras daqui de Brasília e tive a oportunidade de conhecer algumas delas. Infelizmente, nem todas estavam lá no dia, mas consegui conversar um pouco com a Tatyana Azev e me encantar pelo livro dela. Prometi a mim mesma que não compraria nada na Bienal, mas a Taty foi tão simpática e teve todo o carinho de me contar sobre a história do seu livro, que não resisti, ganhei autógrafo e até florzinhas na embalagem. Aliás, pretendo lê-lo ainda esse ano e fazer resenha para vocês, estou bem ansiosa.
Nesse estande de escritoras de Brasília também encontrei a Denise Barbosa e conheci o seu livro Balada 80, e admito que o enredo me chamou bastante atenção, pretendo adquiri-lo em breve e posteriormente contar um pouco mais para vocês.
Uma das coisas que me chamou atenção nesse estande foi o talento e criatividade das escritoras, e o que mais me chocou foi perceber que eu não conhecia elas. Já havia ouvido falar Marina Oliveira, autora de A Parede Branca do Meu Quarto, mas nunca tinha parado para realmente apreciar o enredo da obra. Ela não estava lá no dia que fui, mas está entre as escritoras que pretendo conhecer o trabalho no ano que vem. E aí já vem a primeira meta de 2017: ler/conhecer mais autoras brasileiras.


Reprodução: Biblioteca pessoal

A entrada é de graça, e como as portas estão abertas para qualquer público, também é liberado levar aquele lanche na mochila. E eu aconselho que leve. Por mais que tenha barracas do lado de fora e de dentro com todo o tipo de lanche e bebidas para comprar, para quem gostaria de economizar e gastar o dinheiro extra em livros é melhor levar o seu. Ainda mais que, em como qualquer outro evento, os alimentos lá acabam sendo um pouco acima do preço normal, um pouco mais salgados. E é claro, não esquecendo também de levar água, já que o lugar é grande e tem bastante espaço para andar.
Ao total eu só comprei um livro, mas ganhei vários marcadores e também um conto. Mas, o que importa é a experiência, não é? E a minha foi fantástica! Admito que na próxima vez preciso ir com mais organização e dinheiro no bolso, porque as promoções são muito boas, dando para encontrar livros de até R$3,00, é uma loucura! Você encontra livros de todos os gostos e edições. Eu, particularmente, fiquei louca quando vi vários estandes voltados para a minha área de Letras e recheados de promoções com obras que estão na minha lista de desejados há tempos.
Ano que vem pretendo ficar mais por dentro das novidades e notícias do evento. Pretendo conferir os roteiros, participações e palestras, e tentar participar das que me agradarem e me chamarem a atenção. Espero que dê tudo certo e eu consiga novamente ir e ficar deslumbrada com tanta coisa legal (e barata) que a Bienal tem para nos oferecer. 
Para quem é de Brasília e perdeu o evento, seja porque não ficou sabendo ou porque não teve tempo para ir, se programe ano que vem e tente comparecer. É uma oportunidade única e que nos mantém mais perto da nossa literatura.

30 thoughts on “III Bienal Brasil do Livro e da Leitura: Minha primeira Bienal!”

  1. aiii, que sonho!!!! estande de sebos? eu desmaiava de amor. espero um dia ir na de brasília, que é uma cidade muito bonita! 🙂 a da minha cidade, fortaleza, ia ser agora em dezembro e foi adiada p/ o próximo ano. tragédia! mas bom que junto mais um dinheirinho hahaha
    :*** muá!

  2. Oiii! Nossa A primeira Bienal é sempre incrível e cada vez que você vai fica melhor <3 Se prepara para o próximo ano mesmo, porque tem muitos descontos para aproveitar lá. E realmente é muito legal conhecer novas autoras e principalmente se elas forem nacionais! Também pretendo focar nos livros nacionais no próximo ano, além do mais temos que ler o que é nosso né!? Hahah Acabei de conhecer o seu blog e já amei, estou seguindo para não perder mais nada <3 Aiin que amor você fazer letras, é um curso que estou querendo fazer 😀

    *Beijokas -Hellen Barros.

    http://www.apenasgiz.com.br

    1. Concordo! Acredito que acabamos dando muito valor aos autores internacionais e esquecemos dos daqui, que estão tão perto e são também tão mágicos como os outros, além de ser mais fácil ter uma "resposta" deles.
      Obrigada! Se tiver alguma dúvida sobre o curso, pode me procurar. E pode esperar que ainda vou falar muito sobre ele por aqui.

  3. Guria do céu nunca fui a uma Bienal do Livro, mas sou louca de vontade de ir. Mas sei que não adianta eu ir falida ou vou passar raiva e voltar deprimida. Adorei sua experiência e com certeza na próxima oportunidade, me programarei e irei, pois sei que valerá super a apena.

  4. Sempre que dá vou na Bienal de SP, adoro viajar pelo mar de estandes! haha, foi muito legal o fato de vc ter prestigiado escritores de onde você é, poucas pessoas fazem isso, e com certeza você vai fazer a diferença pra essa moça, Tatiana Azev, é um incentivo enorme na carreira dela, independente se ela está começando ou não. Ótimo post <3

  5. Nossa, nao sabia da Bienal em Brasilia, atualmente estou morando em São Paulo e nunca fui 🙁 Acho muito bagunçado, mas deve ser uma experiência incrível. Eu sairia a louca dos livros cheia de sacolas, certeza! hahaha

    1. Hahaha, eu bem que queria sair cheia das sacolas, mas a falta de dinheiro não deixou. E quanto a organização, aqui em Brasília foi tudo bem organizado, sem bagunça ou tumulto. Achei a organização do evento muito boa.

  6. Acredita que eu não conhecia essa bienal? Menina, to pasma. Parece ser muito boa, principalmente na parte dos preços. E se todos forem simpáticos como essas autoras foram contigo, nossa… Deve ser algo imperdível mesmo.
    É uma pena que eu more tão longe. Quem sabe um dia, né?
    Bjs!

  7. É muito bom né? Lembro da minha primeira bienal no passeio do colégio, nossaaaaaa eu queria comprar todos os livros, haha… não vejo a hora de chagar aboça que vem pra mim aproveitar bastante a bienal aqui no rio e sentir o cheirinho de livro novo em todo que é lugar do evento.

    Beijos

  8. Que sonho eu tenha muita vontade ir na Bienal, mas nunca tive como ir. Porém nós amantes de leitura, sempre gostamos de estar atentas as novidades né? Que você possa ir em muitas outras, beijão :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *