Literatura

Resenha: “I Put A Spell On You” – Teresa Helsen

Uma pequena história da série Scrupulo.

Após deixar São Paulo para trás, Claudia Cazarotto encontra em Nova Iorque a oportunidade de esquecer o seu conturbado passado. Ao ser contratada pela empresa de tecnologia e segurança Blue Velvet, Claudia se torna a contadora mais importante do local e, de quebra, mesmo sem querer, desperta o olhar e interesse de seu chefe Seth Cunnings, o diretor da empresa.


Graças aos ofícios de seu ótimo trabalho e também de sua nacionalidade, Claudia é convidada para ir com Seth a um evento beneficente em Albany para concluir uma transação de negócios. Ambos precisam conquistar Terry Moore, uma pessoa misteriosa que mantém a identidade em segredo, e oferecer-lhe um ultrapassado software de segurança.


Embora pareça uma ação simples, algo sobre Terry Moore incomoda Claudia, fazendo com que a mulher comece a prestar mais atenção nos detalhes ao seu redor e, principalmente, naquela pessoa inusitada à sua frente que nada se assemelha aos boatos. Com isso, um mistério paira no ar, dando início a um jogo de indagações e descobertas. 


I Put A Spell On You é uma short story que compõe a série Scrupulo, escrita por Teresa Helsen. A série é composta por três histórias, as quais são iniciadas e concluídas no próprio livro, podendo assim serem lidas separadamente e em qualquer ordem: I Put A Spell On You, Ataque Fegatello Olhos Verdes.

“Uma noite de – talvez – prazer pode acabar com sua vida.”

Identificação com Claudia Cazarotto e imersão completa no noir.

A ambientação noir foi o que mais me conquistou na história, pois dava para sentir o cheiro do cigarro, o ar abafado do evento e até mesmo ouvir a música ao fundo. As descrições dos personagens e a maneira como agem também passam uma impressão de luxo e riqueza, bem ao estilo glamorizado de noir, tendo assim uma imersão completa desse clima clássico e antigo.


Os personagens cativam e nos fazem querer acompanhá-los ao longo da história. Claudia é engraçada e encantadora, suas ações fizeram com que eu me identificasse em vários momentos da narrativa, principalmente quando a personagem falava consigo mesma por pensamento enquanto seu rosto não denotava em nada o que passava em sua cabeça. Com certeza essas foram as melhores partes para mim, as que a Claudinha da construção civil aparecia. 


Entretanto, mesmo que os personagens tenham me cativado, não me pareceram bem aprofundados, ainda mais por se tratar de uma história curta e momentânea. Ainda não sei se os segredos do passado, os quais são citados rapidamente, se encontram nas demais histórias ou são explorados em outras mídias, já que podemos encontrar Claudia Cazarotto também nos quadrinhos. Mas confesso que fiquei com vontade de conhecer com mais profundidade e detalhes sobre as aventuras passadas.


O mistério foi bem colocado, me deixando ansiosa pelo desfecho e em como seria solucionado, e combinando perfeitamente com o estilo noir da narrativa. Há sedução, riqueza e uma grande pitada de luxo, tudo mesclado a uma ótima escrita que deixa a leitura fluida e extremamente rápida.


É uma boa história, mas é uma pena que seja curtinha. Quando terminei a leitura fiquei com vontade de mais, já ansiosa para ler as outras histórias da série. Desde o começo me senti encantada com a forma de narração e escrita da autora, me sentindo estranhamente em casa, mesmo sem nunca ter lido nada da mesma. Me senti conectada à Claudia e com a certeza de que preciso me aprofundar ainda mais nessas pequenas histórias noir. 


Seja você fã de mistérios ou apenas um apreciador de uma boa escrita, I Put A Spell On You está à sua espera, desejando ardentemente inclui-lo em suas intrigas. Agora me despeço de vocês com um cigarro – meramente ilustrativo – em uma mão e um martíni na outra, pronta para seguir em mais uma aventura ao lado de Claudia. 

Reprodução: Labora Livros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *