Literatura

Resenha: “A Boneca Maldita” – Giuliana Sperandio

Em ambas as famílias, encontrara homens movidos por amor e desamparo, esse era o ingrediente perfeito para a desgraça.

Você faria qualquer coisa por quem ama, inclusive perder a própria alma e a sanidade?

A família Alvarez, antes unida e feliz, encontra-se em um grande sofrimento: a pequena Vitória foi diagnosticada com tumor cerebral. Após essa notícia uma infindável tristeza dominou a família, abalando até mesmo o casamento tão forte de Renato e Ana Cláudia, resultando em uma separação.


Agora Renato deve cuidar sozinho da filha e observar sua pequena definhando rapidamente em uma cama, tendo os dias contatos para sua morte. Temendo perdê-la, e sem condições de deixar Vitória ir embora, Renato procura pelos melhores médicos e melhores tratamentos, todos sem resultado algum. Então após as escolhas certas não terem dado em nada, o homem decide entrar em contato com o Mestre Helius, o bruxo das almas perdidas.


Com esse encontro é findado um pacto com o superior de Mestre Helius, o Diabo: a alma de Renato em troca da vida de Vitória. Entretanto a alma do homem não será a única entrega feita para o mal, pois para conseguir de volta a vida da filha amada será preciso acabar com a felicidade de uma família inocente.


Se você imagina já ter lido algo semelhante por aqui no blog, não sinta-se enganado ou confuso, pois você realmente já leu. Em janeiro eu participei da iniciativa da The Books Editora para ler e resenhar os primeiros capítulos de ambos os contos que constituem o livro Fear Of The Darkness, que são A Boneca Maldita e A Herança. Você pode ler essa resenha aqui. Como agora li os contos separadamente e completos adquiridos para o Kindle, falarei de cada um de forma separada.

Que monstros habitam o seu coração, Jussara?

E que monstros habitam o seu coração, caro leitor?

Sendo um conto em tamanho médio, em torno de 100 à 150 páginas, não se pode falar muito sobre o enredo, pois o elemento da surpresa é um dos melhores da leitura. Descobrir aos poucos o que está acontecendo e participar de perto da desgraça que domina os personagens é agonizante e desesperador. O leitor sente a aflição em cada uma das páginas e lamenta por cada um dos personagens. Não dá para simpatizar com um lado, ambos errados por diferentes questões, porém a empatia e a vontade de que algo dê certo ali são eminentes.


Por mais que o teor da história não seja algo novo, a autora transforma o clichê em algo assustador, assim surpreendendo o leitor e nos dando uma ótima história. Além do medo, Giuliana também faz com que o leitor repense em muitas atitudes e ideais, colocando à prova as consequências de alguém que faz tudo em prol do amor.


Eu gostei da escrita da autora e senti até mesmo uma familiaridade com ela. Não, eu nunca havia lido nada da Giu antes, mas a maneira que a mesma escreve traz um jeito que eu adoro, principalmente por conta da forma fluida de narração como também das descrições sinceras e sem medo. Espero no futuro ter a oportunidade de conhecer mais do terror escrito pela autora, pois minha admiração e curiosidade apenas cresceram com essa leitura.

Quando cheguei ao final dessa história fui surpreendida, já que houve um rumo o qual não esperava, fazendo com que eu tremesse e agonizasse. Sentimentos esses que procuro em qualquer conto/livro de terror. A Boneca Maldita é intenso e questiona a própria sanidade do leitor, sendo assim uma ótima indicação para os amantes do gênero.


Compre o conto na Amazon
Compre o livro Fear Of The Darkness

💻 Me acompanhe nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *