Literatura

Resenha: “A Acusada” – Patricia Maiolini

Título: A Acusada
Autora: Patricia Maiolini
Quantidade de páginas: 202
Editora Sinna
Gênero: Literatura Nacional / Mistério
Ano: 2017
Skoob: Clique Aqui
Compre: Amazon | Editora Sinna
Minha classificação: ★★★ (3/5)

Inveja, segredos e mentiras.

Após a morte do pai, a adolescente Marina vive apenas com a mãe e a irmã mais nova, seus dois grandes amores. Ao entrar para o 3º ano do Ensino Médio, a garota tem a oportunidade de realizar um intercâmbio para o Canadá, para assim estudar durante seis meses na Canadian Academy Boarding School.

O instituto parece ser maravilhoso e os alunos a tratam bem desde sua chegada, porém um assassinato a colocará como a principal suspeita, já que a identidade do assassino aponta justamente para a aluna nova da escola – e, ainda, também por ser brasileira. Por conta desses apontamentos e suspeitas, Marina é obrigada a investigar o caso e descobrir quem foi capaz de realizar um ato tão abominável, mesmo que suas ações a coloquem como um novo alvo para o assassino.

Através dos olhos e ouvidos de Marina – uma narração em 1º pessoa – somos inseridos em um ritmo frenético e angustiante. Com tantos segredos e tantas mentiras, todos os personagens se tornam suspeitos, sendo inevitável não desconfiar até mesmo do que aparenta ser mais “bonzinho”. Além de que, e não podemos esquecer desses detalhes, a história também se envolve em momentos cercados de inveja, rivalidade feminina e até mesmo assédio.


“Estou com medo, mas preciso enfrentar a escuridão atrás de respostas.”

Um suspense adolescente leve e instigante.

Somos envolvidos facilmente na investigação de Marina, que nos faz querer saber tanto quanto ela quem é o verdadeiro culpado. Por ser um livro composto por capítulos curtos, a leitura flui muito rapidamente e o leitor se sente instigado a ler só mais um capítulo antes de dormir, além de que os finais de cada capítulo sempre deixam uma lacuna aberta para o próximo. Sendo assim a leitura passa rápido e quando você percebe já está lendo o desfecho final.

Entretanto, mesmo tendo sido uma leitura razoavelmente agradável, alguns detalhes me deixaram triste, pois foram citados rapidamente e logo depois deixados de lado. Detalhes esses que poderiam ter sido mesclados de maneira bem mais satisfatória no enredo e até mesmo no assassinato em si.

Assim como nos demais suspenses, nesse também não dá para confiar em ninguém. Todos parecem suspeitos e culpados, então é recomendável que preste atenção nos detalhes e fique de olho em cada ação suspeita. Porém, mesmo assim, é quase impossível não torcer para a protagonista e querer que ela encontre logo o assassino, até porque Marina é uma garota cativante e isso faz com que queiramos o seu bem.

Li A Acusada através de uma leitura coletiva organizada pela Editora Sinna, e gostei da escrita da autora e também da história. A leitura é uma ótima dica para sair da ressaca literária ou para quando queremos algo mais rápido – como, por exemplo, para participar de maratonas. Além disso, também acredito que o título é uma indicação ideal para aqueles que querem começar a ter o hábito de leitura, mas ainda não sabem como.

💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *