Literatura

Resenha: “Alex & Isabel” – Nina Spim

Título: Alex & Isabel
Autora: Nina Spim
Quantidade de páginas: 38
Publicação Independente
Gênero: Ficção / Romance / LGBTQI+
Ano: 2019
Compre: Amazon
Minha classificação: ★★★★ (4/5) 
* E-book cedido pela autora

A importância da auto-aceitação e da empatia

Aos olhos da mãe e da sociedade padrão Alex é uma menina, e por isso é abominável que goste de skate, um esporte tão virilmente masculino. Porém, diferente do que falam, Alex não se sente sempre como uma menina, mas, sim, se identifica como alguém de gênero-fluido, algo que é difícil (e quase impossível) de se explicar para uma mãe preconceituosa e que não a aceita como é.

Estando cansadx de tentar explicar a importância do skate para si, Alex decide que fugirá de casa. Mas isso não será para sempre, pois apenas fugirá durante o final de semana para assim ir ao evento proibido pela matriarca, o Skate Mix Festival. Alex ainda não sabe, mas esse ato de rebeldia e solidão também farão com que descubra a si mesmx e encontre o melhor dentro de si.

Do outro lado da narração há Isabel, uma garota transgênero que participará do Skate Mix Festival, sendo a participante mais jovem a concorrer no evento. Ela, diferente de Alex, tem uma relação íntima e profunda com a família, sendo aceita e acolhida dentro e fora de sua casa. Por conta de sua experiência como uma pessoa trans, Isabel se tornou um ícone famoso nas redes sociais, tendo orgulho de compartilhar com outros jovens sobre as suas vivências.

Mesmo sendo de realidades tão diferentes, opostas até, o destino de Alex e Isabel irão uni-lxs através do gosto em comum pelo skate. Ambos os personagens têm grandes coisas para nos dizer, nos informar e nos alertar, como por exemplo a necessidade de nos afastarmos de pessoas tóxicas e que, mesmo involuntariamente, só querem a nossa infelicidade.

Decisões são difíceis, mas precisam ser tomadas para o seu próprio bem. E independente de laços familiares quebrados, os quais não conseguirão nunca se unir novamente, é evidente que você deve se colocar sempre em primeiro lugar e se aceitar como é. Alex ainda está nesse processo de auto-aceitação, mas, assim como Isabel conseguiu encontrar uma felicidade em si mesma, elx precisará trilhar um caminho árduo para isso, resultando ao final em algo gratificante e prazeroso.


“Não acredito que senti tanto medo para sentir tanta felicidade.”


A importância de se sentir acolhidx.

Alex & Isabel é um conto leve que tem como intuito acolher e informar, resultando em uma obra que os fazem com maestria e simplicidade. É quase que impossível chegar ao final da leitura e não se sentir abraçadx, independente do gênero que você se identifique. Um claro exemplo disso sou eu que como uma mulher cis pude me sentir acolhida, um sentimento que está sempre presente em minhas leituras da autora.

Há ao final da leitura uma sensação de quentinho no coração ao mesmo tempo que nos vemos ensinados sobre empatia e sororidade. A mensagem que a Nina passa é extremamente importante e atual, ainda mais nos dias cada vez mais cheios de sofrimentos e sombrios para a comunidade LGBTQI+. É importante que seja espalhado dentro da Literatura – e também fora – que você não está sozinhx. Todos nós estamos aqui para ajudar, aconselhar e acolher.

Por isso, independente do seu gosto literário, indico que dê uma chance para o conto da Nina e se abra emocionalmente um pouquinho mais para o outro. É uma história recomendável para todas as idades, sendo imprópria apenas para aqueles que ainda vivem na Idade Média e que não tem compaixão ou amor no coração. A leitura pode ser até rápida, mas garanto que será recompensadora.

O e-book de Alex & Isabel já está disponível em pré-venda na Amazon até o dia 29 desse mês, tendo o lançamento oficial no dia 30, segunda-feira, e pode ser comprado aqui. O conto custa apenas R$1,99 e pode ser lido gratuitamente através do Kindle Unlimited. Vamos juntxs apoiar uma autora independente e a Literatura LGBTQ+!


“A liberdade é exatamente isso. Ela se parece com as pessoas felizes fazendo o que gostam. Sendo quem elas se sentem melhores. Sendo quem dá a elas paz no coração.”


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *