Jogos

Eu joguei: Spider-Man

Sou uma pessoa que consome bastante os conteúdos do Universo Marvel. Gosto dos filmes (e não perco um!), me aventuro em algumas HQ’s e até tentei acompanhar as séries. Mas confesso que o Homem-Aranha não era um personagem com grande destaque para mim antes de ter contato com o game lançado no ano passado.

Eu só assisti a primeira trilogia do herói, com o ator Tobey Maguire, há pouquíssimos anos, por mais que soubesse da existência dos filmes desde mais nova. Sendo assim o meu primeiro contato com o cabeça de teia foi através da segunda chance do herói nos cinemas, agora com Andrew Garfield como ator principal. Arrisco até em dizer que se não fosse pelo Andrew – já que eu assisti aos dois filmes estrelados pelo ator apenas por conta da sua aparição – eu nem teria arriscado em conhecer o Homem-Aranha naquele momento. Talvez sem isso eu só teria visto anos depois o Tom Holland no papel, e só.

Então é por isso que Marvel’s Spider-Man se tornou essencial para o meu conhecimento sobre o herói e até mesmo para o meu carinho que surgiu pelo personagem. Mesmo já tendo um conhecimento prévio sobre a sua vida, o game me proporcionou um contato intenso e mais proveitoso com o Peter Parker, pois foi através da minha jogatina que presenciei as dificuldades na vida de adulto de Peter, os cuidados carinhosos dele com as pessoas que ama e a simplicidade que ele transparece estando de uniforme ou não. Eu sorri com o Peter, assim como também chorei as lágrimas dele e venci as suas lutas.

Reprodução: Google

Marvel’s Spider-Man: os limites dos sacrifícios de um super-herói

Em Marvel’s Spider-Man temos um Peter Parker recém-adulto com os seus 23 anos de idade. Aqui ele já é o Homem-Aranha desde a sua adolescência, o amigão da vizinhança, e isso, por exemplo, não é um segredo para a sua ex-namorada Mary Jane. Além de salvar Nova Iorque nas horas vagas, ele atualmente está fazendo estágio em um laboratório com o Dr. Osborn, um cientista de grande renome e importância para o jovem.

Em uma de suas andanças uniformizado pela vizinhança, o Homem-Aranha consegue derrotar Fisk e mandá-lo diretamente para prisão. À princípio é esperado que a paz reine pelas ruas, já que o Rei do Crime se encontra agora encarcerado, porém o resultado é exatamente o oposto. Com essa prisão o mundo do crime se torna um caos, e isso trará para o herói grandes dores de cabeça.

Porém, é claro, esse empecilho não será o único problema que o Homem-Aranha estará embutido a resolver. Aparentemente vários vilões estão se reunindo para derrubar a empresa Oscorp e com isso matar o prefeito, um plano maligno que acarretará em inúmeras vítimas e em um acidente que colocará todo mundo em perigo. Como salvar a cidade em meio a tamanho caos e como conseguir sair vivo dessa guerra?

Marvel’s Spider-Man é um jogo desenvolvido pela Insomniac Games e publicado pela Sony Interactive Entertainment, tendo sido um lançamento exclusivo da Playstation 4. Além da história principal, também é possível adquirir junto as três DLC’s do jogo, as quais são compostas por histórias curtas, mas bem legais, que se interligam umas com as outras.

Reprodução: Google

Peter Parker e os outros.

Para mim que nunca tive contato com os quadrinhos do Homem-Aranha e só o conheço pelo o que vi em longas nos cinemas, cada parte da história e cada momento significativo foram surpresas impactantes. Eu não esperava pelo o que poderia acontecer, e mesmo com algumas suspeitas se concretizando ainda assim consegui ficar chocada ao longo do game, tanto com as decisões fortes e precisas do Peter como também com a chegada dos vários vilões, a maioria sendo o meu primeiro contato através da jogatina.

Outro ponto que também gerou surpresa em mim foi a oportunidade de jogar com outros personagens, sendo a Mary Jane um deles. A forma como o namoro de Mary e Peter terminou é explicado ao decorrer da história, mas logo no início já se torna gratificante presenciar a reaproximação dos dois, já que ambos ainda se amam e têm um carinho mútuo um pelo outro. Por isso é incrível ver o Peter amadurecendo e estando disposto a receber ajuda, principalmente dela, a mulher que ele ama e a quem só quer proteger.

As relações interpessoais são bastante vívidas e presente no game. Há o carinho e cuidado de Peter com a tia May; a troca de aprendizado com o Dr. Osborn; e a preocupação constante em salvar a maior quantidade de cidadãos que conseguir. Peter é um garoto simples, mas com um coração cheio de amor, o qual é visível aos jogadores.

Reprodução: Google

O peso dos segredos.

É claro que não é só de combate que vive o Homem-Aranha. Por trás da vingança iminente dos vilões contra a empresa Oscorp há segredos antes nunca ditos e assim revelações se tornam esperadas e desejadas por nós. As mentiras fluem de forma natural e saber em quem confiar será mais difícil do que a mente conseguirá imaginar.

Decisões duras, mas necessárias, precisarão ser tomadas. As pessoas precisam se agarrar a esperança e o Homem-Aranha se torna o símbolo dela. Enquanto do outro lado da vida do super-herói Peter Parker necessita encontrar um meio de equilibrar os dois lados e de proteger aqueles que ama, sem colocar o resto do mundo em perigo. O que escolher? Qual decisão tomar? Quem deve ser salvo?

Sonhando Através de Palavras

Eu costumo me envolver em todos os games que jogo, pois escolho com bastante cuidado qual história irei começar. Por isso tudo que eu jogo me toca de alguma forma, sempre de maneira positiva, o que é ótimo. Então com Marvel’s Spider-Man não foi diferente. Eu me conectei ao Peter, me envolvi em sua batalha e quis ajudá-lo o máximo que eu podia.

Com isso posso até dizer que fiquei viciada, de uma maneira nada agradável ou saudável, já que tudo que eu precisava naquele momento era estar ao lado de Peter e salvar a vida de todos. O game se tornou o meu foco e eu só consegui prestar atenção nas outras mídias quando finalizei a história principal e as demais DLC’s, me deixando no final com uma saudade imensa.


Faça sua compra na Amazon através do nosso link (clique aqui) e ajude o blog a manter-se ativo. Sem taxas ou inclusão de valores, você estará nos ajudando a continuar trazendo conteúdo.


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *