Girl Power Jogos

Hellblade: Senua’s Sacrifice e a busca por seu destino

⚠ Esse post não contém spoilers. Leia-o tranquilamente e sem medo. ⚠

Hellblade: Senua’s Sacrifice foi lançado em 2017, porém apenas agora eu enfim tive a oportunidade de jogá-lo. E olha, a espera valeu muito a pena! Senua me conquistou desde o início, mesmo que à princípio tudo parecesse meio confuso para mim. Muitas vezes eu me perguntei se toda aquela jornada era realmente verdadeira ou fruto da cabeça da protagonista, isso por conta da sua esquizofrenia e das vozes que a dominavam.

Imaginei até que a sua jornada fosse uma espécie de metáfora para tudo que ela estava sentindo dentro de si por conta do luto e do pesar ao perder aquele que amava. Mas para descobrir se realmente é tudo verdade ou imaginação, aí você terá que caminhar sozinho e buscar pela resposta.

Reprodução: Google

A jornada emblemática de Senua

Após um ataque ter dizimado sua aldeia, Senua se vê sozinha ao presenciar o corpo destroçado de seu amado Dilion. Com muita força de vontade e garra, a guerreira decide então iniciar uma jornada até Helheim para resgatá-lo do mundo dos mortos, mas isso em nada será fácil, já que ela tem a escuridão dentro de si que a domina cada vez mais, podendo assim levá-la ao mal.

A escuridão se manifesta a cada vez que o jogador morre com a personagem, correndo assim o risco de perdê-la para sempre caso morra muitas vezes. Porém não pense que essa é a única dificuldade do jogo, pois Senua ainda precisa lidar com enigmas e inimigos poderosos que encontra ao decorrer do caminho, com a sua esquizofrenia e tentar se relacionar com as vozes que escuta em sua cabeça.

Reprodução: Google

Esquizofrenia, luto e separações

Inspirado na mitologia nórdica e mitologia celta, o game Hellblade: Senua’s Sacrifice traz uma protagonista esquizofrênica que precisa lidar com as perdas que sofreu durante a vida, o julgamento que recebeu por conta da escuridão que habita em si, os problemas psicológicos que rondam sua mente e os traumas que tudo isso ocasionou em si. Senua precisa enfrentar o próprio medo e ter coragem de seguir em frente, de acreditar em si mesma.

Há a questão do luto, das perdas e da separação, resultando em um vazio dentro de Senua que só poderá ser preenchido ao salvar o seu grande amor, tornando-a uma personagem única e grande representativa do famoso girl power. Isso é lindo, tocante e sincero, de uma forma que faz com que o jogador se conecte com Senua, com seu objetivo e com seus sentimentos.

Entretanto é importante tomar cuidado com os gatilhos que o game pode te proporcionar. Reveja bem os temas que são explorados e pense se você está pronto ou pronta para entrar nessa jornada com Senua. O caminho não é fácil, muito menos feliz, e por isso pode trazer momentos difíceis e sufocadores para você. Pense bem antes de jogá-lo, pois você se sentirá na pele da personagem e sofrerá todos os temores com ela.

Reprodução: Google

Hellblade: Senua’s Sacrifice é um acalento para todos os corações

Hellblade: Senua’s Sacrifice, e a própria produtora Ninja Theory, tem seu mérito por trazer uma personagem crua, real e instigante. Ela viveu os piores pesadelos em vida e isso ocasionou os problemas psicológicos e mentais da protagonista, os quais precisam ser entendidos e dominados. Senua sofrerá de insegurança por causa dos comentários dessas vozes em sua cabeça, mas também conseguirá criar uma força dentro de si ao aprender escutá-las.

Os produtores, em um vídeo sobre a criação do game e da personagem, disseram como foi o processo de criação de Senua e de sua esquizofrenia, tendo o total cuidado e atenção em consultar pessoas que realmente sofrem da doença e dos pesadelos frenéticos ocasionados por ela. E é por isso que ela acaba se tornando alguém tão real e crível, sem desrespeitar as pessoas que também sofrem dos mesmos tormentos, e também é por isso que o game se torna tão especial e necessário.

Sonhando Através de Palavras

Hellblade: Senua’s Sacrifice tornou-se um dos melhores games que eu já tive o prazer de conhecer e jogar; a própria Senua tornou-se uma das minhas personagens femininas favoritas dos games, a qual eu nunca conseguirei esquecer e que sempre me deixa com saudades. E por isso é tão difícil para mim não recomendar esse jogo, pois, ao meu ver, todos deveriam jogá-lo ao menos uma vez na vida, ao menos para ter a experiência completa de estar na pele da Senua.

A continuação já foi anunciada, porém com uma notícia triste para quem, assim como eu, jogou o primeiro no PS4: Senua’s Saga: Hellblade II será exclusivo do Xbox. Ainda não sei como lidar com essa notícia, mas, mesmo assim, sigo panfletando o game que, acredito, vale muito a pena ser jogado.


Faça sua compra na Amazon através do nosso link (clique aqui) e ajude o blog a manter-se ativo. Sem taxas ou inclusão de valores, você estará nos ajudando a continuar trazendo conteúdo.


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Receba todas as nossas novidades:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *