Literatura

Resenha: “Star Wars: Princesa Leia” – Mark Waid e Terry Dodson

A HQ Star Wars: Princesa Leia faz parte de um grande leque de histórias avulsas do universo de Star Wars. Dessa vez, temos uma aventura exclusiva e todinha da Princesa Leia, uma das personagens mais queridas e girl power dessa saga tão amada.

Particularmente, Leia Organa é um grande símbolo de força feminina e nesta HQ fica explícito sobre um pouco do que ela é capaz de fazer para seguir seus ideais e objetivos. É curta demais se comparada a sua participação nos filmes, mas nos deixa ao lado da Princesa por um tempo a mais.

Reprodução: Biblioteca Pessoal

Leia também: Jogador número 3, de Koda G.

Título: Star Wars: Princesa Leia
Autores: Mark Waid e Terry Dodson
Quantidade de páginas: 112
Editora Panini
Gênero:
 Ficção / HQ / Aventura / Fantasia / Ficção Científica
Ano: 2017
Skoob: Clique Aqui
Compre: Amazon
Minha classificação: ★★★★ (4/5)

Uma aventura solo de Leia Organa

O planeta Alderaan foi destruído. Mas será que há chances de haver sobreviventes? Se sim, aonde eles estão? Essas duas perguntas martelam na cabeça da Princesa Leia, sendo agora uma princesa sem reino para governar.

Com a ajuda da piloto Evaan, Leia decide ir atrás desses possíveis sobreviventes de seu planeta para assim reviver Alderaan novamente. É claro que isso está longe de ser fácil, já que para isso Leia terá que conquistar a confiança de seus antigos súditos e fazê-los acreditar que o sonho de uma nova Alderaan ainda é possível.

A HQ Star Wars: Princesa Leia tem início logo após o filme Star Wars – Episódio IV – Uma Nova Esperança, dando partida exatamente do momento na cena final do filme. Ou seja, é perfeita para ler em sequência, seja após maratonar o Episódio IV na televisão ou em formato narrativo através do livro publicado pela Darkside, este último sendo o que eu fiz.

Com uma arte expressiva, bonita e baseada nos próprios atores, a HQ traz uma belíssima sequência de páginas, explorando o universo e outros planetas, mas acabando rápido demais. A leitura rápida é um ponto positivo e negativo da HQ, pois ao mesmo tempo que degustamos um pouco mais daquele mundo que tanto amamos também ficamos com aquele gostinho de quero mais ao seu término.

Reprodução: Biblioteca Pessoal

Star Wars: Princesa Leia entrega um pouco mais do íntimo e vida de Leia, mas não a explora com profundidade.

Já faz alguns anos que comprei essa HQ, então realmente eu não me lembrava nada da sinopse, só sabia de sua ordem cronológica. Aproveitei para lê-la após finalizar a leitura do episódio IV e realmente os fatos são muito próximos, já que a HQ inicia bem onde o episódio IV encerra.

Gostei dela, mas esperava – e desejava – mais. Temos uma aventura muito curta da Leia, e mesmo eu já sabendo disso pela pouca quantidade de páginas ainda imaginei que seria uma aventura bem maior, com mais detalhes e uma motivação diferente. Nem passou pela minha cabeça que a motivação dela seria juntar os sobreviventes de seu planeta, por mais que seja algo nobre e que provavelmente a Leia realmente faria.

Um ponto positivo da HQ, ao meu ver, foi que quem acompanha a Leia nessa pequena aventura é uma piloto, ou seja, temos girl power em dobro nessas páginas, mesmo que a sensação passe rápido com o fim repentino da HQ. Grande parte das cenas ficam encarregadas para as duas e é ótimo ver como a relação entre elas se transforma em uma amizade (e eu adorei o desfecho especial da Evaan!).

No mais, acho que vale a pena para quem é fã e gosta das aventuras fora dos filmes, ou seja, do universo expandido, seja canônico ou não. Além do mais, é uma forma de termos um pouquinho a mais da personagem, e isso já torna a HQ bem positiva, até porque a Leia é uma das minhas personagens preferidas – junto com o Han.


Reprodução: Biblioteca Pessoal


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Receba todas as nossas novidades:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *