Literatura

Resenha: “Um Brinde Àquele Filho da Puta” – Jhefferson Passos

Um Brinde Àquele Filho da Puta me chamou a atenção exatamente por conta desse título tão poderoso e instigante. Quando o vi dando bobeira no Kindle Unlimited, não pensei duas vezes, peguei-o logo emprestado e li de uma vez só.

Sendo um conto pequeno, a leitura flui muito bem e de forma bastante rápida, deixando aquele gostinho de quero mais ao final. E foram tantas sensações ao longo da leitura que chega a ser difícil escolher apenas uma para defini-la, mas, se fosse possível, eu definiria o livro como indigesto. Mas aquele tipo de indigesto que nós gostamos, sabe? Você entenderá melhor ao ler a resenha abaixo.

Leia também: Um Exu em Nova York, de Cidinha da Silva

Título: Um Brinde Àquele Filho da Puta
Autor: Jhefferson Passos
Quantidade de páginas: 15
Publicação Independente
Gênero: Ficção / Contos / Horror / Suspense e Mistério / Terror
Ano: 2020
Skoob: Clique Aqui
Compre: Amazon
Minha classificação: ★★★★ (4/5)

O quão bem você conhece quem vive ao seu lado?

Como uma forma de tradição, Lívia passa a véspera do Natal com o seu grupo de melhores amigas. Nessa data tão especial, elas comemoraram com uma delas contando alguma típica história, e dessa vez será Lívia quem irá narrar o conto natalino da noite.

A sua história se embasará em um depoimento que ouviu em seu emprego de investigadora, contado pela própria mulher que foi sentenciada a prisão. O relato é chocante, causando náusea e nojo tanto nas amigas como também no leitor, e prova como não conhecemos realmente quem está ao nosso lado, quem convive conosco todos os dias. Afinal, todos têm segredos.

O conto é curto, mas isso não tira, em nenhum momento, o brilho da história e o quão impactante e pesada ela é. Há um clima denso, de tensão, que permeia todo o ar, sendo até mesmo difícil para nós conseguirmos respirar. Além, é claro, da escrita potente, que incomoda e causa desconforto.

TW: há citações de casos de abuso infantil. Então tome cuidado ao ler o conto, caso você se sinta muito mal com esse tipo de narração.


“Dizem que um casamento de sucesso é uma questão de equilíbrio e até paciência. Mas o que muitos ignoram é que um casamento de sucesso também é carregado de segredos. Não é algo que você possa contar no confessionário da missa de domingo. São segredos que serão levados para o túmulo.”

Reprodução: Biblioteca Pessoal

Um Brinde Àquele Filho da Puta é indigesto, mas impossível de parar de ler!

Gostei muito desse conto. Nunca tinha lido nada do Jhefferson, mas agora fiquei com uma vontade louca de ler tudo que ele já escreveu, de tão admirada e surpresa que fiquei com essa história.

O enredo pode parecer simples, mas a escrita do autor é impactante e imersiva, fazendo com que nós sintamos cada dor, cada palavra, cada ato de loucura. Nós sentimentos tudo na pele e é quase impossível, por conta disso, não se arrepiar com o desfecho da história dentro da história – por mais que seja um pouco fácil de se adivinhar.

Aliás, não importa se, assim como eu, você deduziu o final. O brilho do conto está justamente nisso: independente de já sabermos ou não como a narração será findada, a mente humana ainda nos surpreende e a escrita do autor nos arremata de uma maneira doentia, enjoativa e nauseante. E eu adorei isso. Arrisco até em dizer o quanto fiquei sem ar em certas passagens, ansiosa pelas respostas nas próximas páginas.

Você consegue ler o conto em mais ou menos meia hora, mas a trama fica conosco mesmo após a leitura, martelando em nossa cabeça, desejando ter em nosso círculo de amigas as personagens e também querendo saber quais são as outras histórias contadas em outros natais. Simplesmente incrível para qualquer fã de horror ou de histórias bem contadas. Recomendo!


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Receba todas as nossas novidades:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *