Filmes

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura: sombrio, poderoso e essencial

Depois da confusão criada em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, com a mescla das três versões do herói e a concretização do multiverso na Marvel, chegou a vez desse tema ser explorado com ainda mais profundidade em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, que resultou em um filme um pouco diferente dos habituais.

Com ângulos, brincadeiras de câmera, atmosfera e pontos característicos, todos embasados no gênero terror, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura nos trouxe um filme único, com pitadas certeiras do gênero já explorado pelo diretor Sam Raimi, conhecido e amado pela criação de Evil Dead.

⚠ Esse post não contém spoilers. Leia-o tranquilamente e sem medo. ⚠

Leia também: The Batman é a concretização de um filme investigativo e fascinante

Reprodução: Google

O Multiverso da Loucura em uma perspectiva sombria e reflexiva

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura traz uma história sombria, com personagens dualistas e momentos marcantes. O filme não é perfeito, claro, havendo, por exemplo, logo no início, efeitos visuais que não são tão bem elaborados e que quebram um pouco a experiência e a conexão do telespectador com a cena de batalha.

Entretanto, num geral, o longa se faz necessário e gera uma grande expectativa do que está por vir no futuro. Dessa vez, Doutor Estranho tem que enfrentar um inimigo conhecido e ajudar America, uma garota que aparece em seus sonhos, a não ser capturada por esse ser maligno.

Por conta desse embate, alguns debates são levantados e nos fazem pensar: todos nós somos uma versão parecida, similar, em todos os universos? Todos nós somos seres corruptíveis? O que nos difere do nosso Outro Eu e o quanto o desejo pela felicidade pode afetar nossa mente e nos levar por caminhos irreversíveis?

Reprodução: Google

Mas e as personagens femininas?

Sinceramente, eu não tenho do que reclamar. A Elizabeth Olsen consegue roubar todas as cenas em que a Feiticeira Escarlate aparece. Essa mulher tem uma presença enorme, intensa, e uma atuação que nos deixa com medo, mas, ao mesmo tempo, encantados com a personagem.

Há, sim, aqui uma continuação de WandaVision e as consequências do que aconteceu na série, principalmente em questão do psicológico de Wanda, a necessidade da maternidade, a saudade infinita, que dói, dos filhos que um dia pode criar. Nós nos padecemos com o coração partido da personagem, mas também trememos quando vemos a maneira pela qual ela deseja conquistar o seu objetivo. Posso afirmar que estou gostando cada vez mais da personagem e muito disso deve-se também a atriz.

Além disso, eu também gostei da Xochitl Gomez como America. Infelizmente, por conta da Feiticeira Escarlate, America acaba ficando um pouco apagada. Mas a personagem é uma garota fofa e carismática, apesar de ter um passado trágico e de se sentir culpada por conta de seu poder e do que aconteceu com sua família.

Para fechar – e sem dar muitos detalhes -, há a aparição de duas heroínas femininas que fazem parte de outro universo. Por mais que uma delas seja vergonhosamente fraca, comparada com a do nosso universo, ambas me fizeram vibrar quando apareceram na tela, me deixando ávida por mais momentos futuros desse novo universo.

Reprodução: Google

Sombrio, divertido e profundo

Esse não é o pior filme da Marvel e, para mim, está longe de ser. Doutor Estranho no Multiverso da Loucura é completo, traz personagens que já nos importamos e insere outros que ficamos ávidos por conhecer com mais profundidade e, ainda, insere uma atmosfera sombria que combina certeiramente com o teor e a história do longa.

Com isso, o filme segue, na medida, as histórias de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa e WandaVision, resultando em cenas repletas de fan service que fará todo fã, seja de quadrinhos e ou do universo da Marvel no cinema, feliz. Eu, particularmente, fiquei feliz e animada com as surpresas que o filme propôs, algumas já teorizadas, outras que nem imaginei.

Por isso, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura é um filme que merece ser admirado por todos os seus novos elementos e pela profundidade de seus personagens; merece ser visto com carinho e colocado ao lado dos diversos filmes incríveis de super-heróis da Marvel.


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest


Faça sua compra na Amazon através do nosso link (clique aqui) e ajude o blog a manter-se ativo. Sem taxas ou inclusão de valores, você estará nos ajudando a continuar trazendo conteúdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.