Literatura

Resenha: “Amber” – J.C.Gray e Jéssica Lang

Título: Amber
Autora: J.C.Gray
Ilustradora: Jéssica Lang
Quantidade de páginas: 16
Publicação Independente
Gênero: Literatura Nacional / Quadrinhos / Ficção / Terror
Ano: 2019
Compre: Amazon
Minha classificação: ★★★★ (4/5)

Uma vingança banhada de muito, muito sangue.

Por trás de uma força e sensualidade incríveis existe o passado conturbado de Amber, o qual é marcado pelo vermelho do sangue e pelas mentiras que a transformaram em quem é hoje. Antes de se transformar em uma vampira e vilã em Inimigos Mortais, a irresistível Amber teve uma vida humana devastadora e cheia de decepções.

Ao voltar da 2º Guerra Mundial após trabalhar voluntariamente como enfermeira com o intuito de ficar ao lado de seu futuro marido, o Comandante Lewis, Amber escuta uma conversa do amado onde o homem revela que ela não passa de um mero caso sexual e que o divórcio – uma promessa tão esperada pela mulher – é apenas um artifício para manter aquele corpo por perto. O que Lewis não esperava, além de não saber que a amante o estava escutando, era que uma vingança sangrenta estava prestes a causar a sua ruína e a sua maior dor.

Com isso Amber conhece o prisoneiro Strauss, que em troca de liberdade promete a mulher a vingança de seus sonhos. Mas, é claro, que mais uma coisa seria doada por parte de Amber em troca dessa nova cumplicidade: a sua humanidade.

As ilustrações têm lindos detalhes na cor vermelha, mas infelizmente no Kindle em preto e branco não dá para ver. Porém isso em nada atrapalha na leitura.

J.C.Gray e Jéssica Lang é uma perfeita combinação!

Amber é um conto derivado do livro Inimigos Mortais que se transformou, nas mãos da artista Jéssica Lang, em uma belíssima HQ. Ao final do quadrinho temos a oportunidade de ler o conto em sua versão mais pura e detalhada, mas em nada a HQ fica para trás nesse quesito. Com detalhes destacados em vermelho – o qual não tive o privilégio de desfrutar já que o li no Kindle e o meu aparelho tem a imagem preto e branco – a arte pulsa e transmite com perfeição todo o sentimento que a autora colocou no conto. Os traços marcantes da Jéssica nos mantém com o olhar atento na ilustração ao mesmo tempo que desfrutamos do sangue jorrando nas páginas.

A Amber é uma personagem intrigante e que me despertou curiosidade quando li Inimigos Mortais, por isso fui com bastante ansiedade e expectativa para cima da HQ. Não me decepcionei, pelo contrário, tive uma ótima experiência de leitura e adorei conhecê-la mais. Por isso acredito que a minha única ressalva é a quantidade de páginas, que é tão pouca. Li tão rápido que fiquei com aquele gostinho de quero mais, desejando conhecer com ainda mais detalhes sobre o passado da Amber.

A HQ Amber pode ser lida antes ou depois de Inimigos Mortais, pois não irá interferir na história principal do livro, apenas dará um panorama sobre como ela se transformou em uma vampira. Porém, mesmo assim, eu indico que leia primeiro o livro e depois a HQ, pois assim você já irá se sentir familiarizado com a personagem e, talvez, ter um sentimento positivo por ela – depende do lado que você for ficar na trama principal.

De qualquer forma eu recomendo tanto o quadrinho como também as autoras, que são duas mulheres maravilhosas e dignas de apreciação. E outra coisa: se você estivesse no lugar da Amber, também não iria gostar de se vingar?


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *