Financiamento coletivo como apoiar e o que apoiar
Literatura

Financiamento coletivo: como apoiar e o que apoiar.

Atualmente o financiamento coletivo ganhou as graças de seu público e deslanchou em projetos 100% financiados e com grandes repercussões no meio literário. Eu, por exemplo, sou uma dessas adeptas que adora vasculhar o site Catarse em busca de autores e editoras independentes que desejam alcançar o sonho de uma publicação própria. É claro que o número de projetos é muito maior do que consigo abarcar, mas sempre que posso – e que desejo muito – faço questão de contribuir.

Para vocês que têm medo – talvez de apoiar um projeto e não receber a recompensa escolhida – ou não sabem como funciona essa nova ferramenta, venho hoje explicar como contribuir com o seu apoio e também compartilhar através de motivos válidos a importância desse ato.


Como posso apoiar?

Não precisa esquentar a sua cabeça pensando que é um processo difícil e lento, pois não é. Pelo contrário, é até bastante simples. Basta você entrar na página do projeto que você decidiu contribuir e, após ler a descrição que é onde está explicado com detalhes sobre o que se trata o livro e para o que cada porcentagem do dinheiro será utilizado, escolher a recompensa que mais te agradar.

Do lado direito da tela estará citado em tópicos todas recompensas ofertadas pelo projeto de acordo com cada valor estipulado. Então, por exemplo, com uma quantia de R$15,00 você poderá adquirir apenas o e-book do livro ou quadrinho desejado, enquanto que com uma quantia maior, como R$40,00, após a conclusão do projeto você irá receber em casa o livro impresso junto com alguns marcadores e, talvez, até dedicatória. Os preços não são feitos por tabela pelo próprio site, mas, sim, estipulados por cada autor/editora, ou seja, os preços irão variar dependendo de cada projeto isoladamente.

Quanto maior for o seu apoio mais brindes terão em sua recompensa, fazendo assim com que você adquira itens exclusivos que não serão distribuídos depois, isso mesmo que o exemplar seja vendido posteriormente. Por isso vale a pena dedicar uma quantia satisfatória para o seu bolso e igualmente satisfatória para a sua alegria pessoal, tendo as recompensas como lembranças.

Lembrando que alguns projetos têm recompensas especiais para o primeiro dia de financiamento, a primeira semana ou até mesmo os primeiros compradores, sendo assim uma ótima forma de estimular os apoiadores a garantirem logo o seu exemplar e também uma forma eficaz de se conseguir atingir a meta rapidamente.


Projetos que merecem a sua atenção – e apoio.

Para estimulá-los a embarcar nesses financiamentos comigo escolhi oito projetos que estão na minha lista de apoio e que estou mais animada em ter em mãos. É claro que cada contribuição e apoio será de acordo com o seu gosto pessoal pela obra, mas, mesmo assim, vale a pena dedicar um tempo para conhecer os projetos a seguir, principalmente os dois primeiros que são particularmente especiais para mim.

Reprodução: Creepypastas

Creepypastas: lendas da internet

Se você não me acompanha no Instagram (segue aqui), então provavelmente não me viu surtando por ter tido um conto selecionado para essa antologia. Ainda me sinto extremamente feliz e grata por uma história minha compor o segundo volume dessa antologia tão amada pelos fãs de terror, essa de capa azul da imagem acima e que está atualmente sendo financiada pelo Catarse.

Creepypastas 2 é recheado de contos inspirados em famosas creepypastas – histórias de terror ou lendas urbanas virais criadas em fóruns da internet – e com ambientação na década de 90. O meu conto “Residência N°13” narra a tentativa de uma jovem para escapar dessa casa misteriosa ao mesmo tempo em que a sua sanidade é cruelmente testada. Garanto que assim como a protagonista, você também terá um pouco de sua sanidade sugada pela Residência N°13.

Apoie o projeto: clique aqui.

Reprodução: Vozes das Sombras

Vozes das Sombras

Mas as novidades ainda não acabaram! Eu também tive outro conto aceito, agora em uma antologia totalmente feita por autoras e que retrata mulheres acusadas de bruxaria. Isso mesmo! Histórias de terror com bruxas!

No meu conto vocês irão conhecer a minha personagem preferida do momento, a Helena, que dá nome ao título da história, uma mulher negra que foi vendida como escrava e teve que aguentar todas as torturas de seu senhorio. Ao ser queimada por praticar a magia de seus ancestrais ela decide que voltará para realizar uma vingança com aqueles que a fizeram sofrer. Te garanto que é impossível não torcer por ela e, ao mesmo tempo, ficar abismado com o tamanho de sua crueldade.

Apoie o projeto: clique aqui.

Reprodução: Colméia de Sangue

Colméia de Sangue

Mais uma dica de livro de terror, já que indicações desse gênero nunca são demais, certo? Ainda mais quando se trata de antologia nacional ambientada no Brasil. Em Colméia de Sangue o leitor irá conhecer histórias assustadoras que tem como pano de fundo a Pedra da Gavea e o Rio de Janeiro. Além, é claro, de trazerem vampiros sanguinários e descrições recheadas de desespero e pavor.

Apoie o projeto: clique aqui.

Reprodução: Oráculo dos Orixás

Oráculo dos Orixás

O Oráculo dos Orixás, um projeto da Presságio Editora, traz para os seus simpatizantes um baralho ilustrado com uma explicação passo a passo de como utilizá-lo. Se você é umbandista ou de outra religião e se identifica com os orixás e suas forças, esse baralho é feito especialmente para você. Na descrição do projeto tem todas as informações sobre o livro e o que você pode esperar encontrar nele.

Apoie o projeto: clique aqui.

Reprodução: Gibi de Menininha 2

Gibi de Menininha 2

Se você ainda não conhece o primeiro volume de Gibi de Menininha e nem a Germana Viana, indico que leia essa resenha e descubra se o terror ácido e sexual dessas autoras se encaixa em seu gosto pessoal. Caso você tenha adorado a proposta, indico que se aventure no segundo volume sem pensar duas vezes.

Eu sou uma grande fã da Germana e de tudo que ela faz, pois suas criações conseguem me arrebatar de um jeito inexplicável. Eu adquiri o Gibi de Menininha 1 na CCXP do ano passado, louca para ter essa edição na minha estante e mais louca ainda por essa capa que até hoje morro de amores. Por isso não resisti – e nem quis – quando o segundo volume entrou em financiamento, sendo assim um dos meus itens mais desejados do ano! E sendo também um exemplar que sempre recomendo para todos, menos para o mais conservados, claro.

Apoie o projeto: clique aqui.

Reprodução: Sombras do Recife

Sombras do Recife Vol 1- A Presença Dela

Também na CCXP do ano passado consegui adquirir a HQ Sombras do Recife – volume 1, da autora Roberta Cirne. Esse eu só li na semana passada, o que fez com que a resenha ainda não tenha saído por aqui. Mas posso adiantar que a HQ além de ser rica em conhecimento e em fatos sobre Recife, também traz uma arte linda e assustadora em seu interior.

Infelizmente achei que a HQ foi curta, o que logo me deixou feliz ao ver que um financiamento de um livro estava aberto no Catarse. Nesse livro temos as páginas iniciais da HQ e uma história mais extensa sobre o horror que habita no submundo de Recife. Confesso que estou muito ansiosa para conferir essa história e saber como a Roberta se desenvolve na escrita.

Apoie o projeto: clique aqui.

Reprodução: Mulheres vs Monstros

Mulheres vs. Monstros

Desde que apoiei a duologia Eu vejo Kate, da autora Cláudia Lemes, tento acompanhar tudo que a autora publica e posta, tendo assim sido irresistível não apoiar a Mulheres vs Monstros, uma coletânea que reúne artigos e contos inspirados em histórias de terror onde há o embate entre mulheres e monstros.

Na página do projeto você tem acesso a todos os autores que estão participando dessa coletânea e sobre qual história cada um usou como inspiração. Esse lançamento, assim como Gibi de Menininha 2, é um dos que estou mais ansiosa em ter em mãos!

Apoie o projeto: clique aqui.

Reprodução: H. H. Holmes

H. H. Holmes: psicopata americano

H. H. Holmes, psicopata americano é uma tradução inédita da autobiografia de H. H. Holmes, o homem considerado ser o primeiro serial killer da América. E o melhor: são três livros em um! São sois livros escritos pelo próprio assassino e um escrito pelo repórter investigativo da época.

O livro está rico em informações, contendo também recortes de jornais e revistas e prefácio e posfácio escrito por especialistas em psicanálise e criminalística. Mas não pensem que é apenas isso, pois a Laboralivros, organizadora do projeto, reservou uma recompensa exclusiva para vocês que são leitores do blog. Você que conheceu o projeto por aqui e se interessou pela proposta, ao apoiá-lo com qualquer quantia você irá receber uma recompensa extra que não está disponível para os demais no projeto, ganhando assim adesivos temáticos do Holmes, postais e uma caderneta A7. Para recebê-los basta enviar um e-mail para contato@laboralivros.com informando que viu sobre o projeto aqui no blog Sonhando Através de Palavras. Não é um máximo?

Se você gosta de leituras não-ficção que retratam a mente de serial killers, essa é uma ótima oportunidade de conhecer o pioneiro desse título.

Apoie o projeto: clique aqui.

Para você que se interessou pela proposta do site Catarse e ficou curioso para saber o que mais o site nos reserva, indico que acesse diretamente esse link e explore todos os temas que são disponíveis. Tenho certeza que haverá vários projetos que te deixarão louco para saber um pouco mais. Lembrando sempre que essa é uma ótima oportunidade de ajudar autores e editoras independentes que desejam realizar um sonho.


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

9 thoughts on “Financiamento coletivo: como apoiar e o que apoiar.”

  1. Olá!

    Eu apoiei somente um livro pelo financiamento e foi perfeito! Pense numa edição liiiinda😍

    Adorei os projetos escolhidos e já contribuí para o de Recife, já que sou daqui da terrinha!

    Beijos,
    Blog Diversamente

  2. Oi, tudo bem?
    Eu nunca participei de nenhum financiamento coletivo, mas acho uma iniciativa muito interessante. É uma forma de ajudar bons projetos e ainda ter brindes especiais como lembrança. Não conhecia nenhum dos projetos que você citou e confesso que não fazem meu estilo. Porém, vou pesquisar mais e procurar contribuir.
    Beijos!

  3. Olá, tudo bem?

    Eu acho esses financiamentos coletivos bem legais, são formas de publicar determinado livro que está esgotado, livros de editoras pequenas, edições de luxos. O legal é que sempre tem projetos interessantes que podemos apoiar!

  4. Olá,
    Conheço o sistema de apoiar mas ainda não me surgiu nada que eu gostasse tanto assim.
    Os que você citou não fazem muito meu gênero, mas vou pesquisar mais depois, quem sabe né?

  5. Olá eu adoro esse tipo de projeto ajudando sonhos se tornarem realidade no universo literário, infelizmente atualmente não consigo contribuir com muitos financiamentos mesmo que coletivo, mais adorei a sua divulgação de todos os livro e achei super convidativo cada um deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *