Filmes Girl Power

2 filmes sobre a dura adolescência feminina

Ser mulher nunca foi fácil. Independente de qual idade você tenha, ser mulher sempre trará problemas e consequências a sua vida, mesmo que você não queira ou não esteja ligada pessoalmente a eles. Digo isso pois todas nós mulheres sabemos que não é seguro e muito menos divertido ser mulher em um país machista, sexista e que nos mata a cada minuto.

Ser uma jovem garota, uma mulher adolescente, não é menos difícil ou menos problemático. Além de termos nossos problemas pessoais, mesmo que alguns sejam meras bobagens da adolescência, devemos nos cuidar em dobro e zelar sem limitação por nossa segurança.

Mas não. Hoje eu não estou aqui para falar desses pormenores e das problemáticas de ser mulher nesse mundo caótico. Não adentrarei nesse assunto delicado e tão triste para nós. Mas, sim, indicarei dois filmes mais leves que mostram a verdade por trás da nossa jovialidade, por trás das nossas experiências como adolescentes. Mostram nossos problemas, bobos ou sérios, e demonstram como é ser uma jovem mulher.

Leia também: O humor ácido e crítico de Hannah Gadsby

Filme Quase 18 (The Edge of Seventeen)

Depressão, solidão e impulsividade

Nadine está muito chateada e muito magoada após sua melhor amiga, Krista, começar a namorar com o seu irmão mais velho. Esse namoro quebra e despedaça Nadine, como um ato de traição por parte de sua best friend, deixando-a isolada e sozinha à partir de então.

Nisso, além de ter que tentar se acostumar a não ter uma melhor amiga, Nadine acaba tendo como única companhia um professor que, mesmo a sua contra vontade e com muito mau humor, à aconselha a seguir por rumos melhores.

Em Quase 18os dilemas habituais da adolescência, a raiva contida e as más decisões; há a vontade da mudança, de ter tudo como era antes e do primeiro passo para o perdão. Dirigido por Kelly Fremon, o filme traz a essência da adolescência feminina através de problemas pessoais que resultam na solidão e depressão, conflitos familiares que desamparam e um pedido de socorro silencioso.

Filme Fora de Série (Booksmart)

Sexualidade, amizade e mudanças

Amy e Molly são melhores amigas e alunas exemplares. Elas estão prestes a finalizar o Ensino Médio quando percebem que perderam grande parte da diversão da adolescência. E por isso decidem que irão aproveitar, tudo que deixaram para trás, em apenas uma noite.

Dirigido pela conhecida atriz Olivia Wilde, Fora de Série é um filme leve, mas que traz em suas raízes os costumeiros temas que precisam ser explorados em uma história com personagens adolescentes, como as indecisões sobre o futuro, a força e os problemas de uma amizade e os dilemas da sexualidade.

Já vi por aí o filme ser denominado como uma versão feminina de Superbad, um conceito e julgamento precipitados e errôneos. Fora de Série não é Superbad e está longe de trazer uma comédia com termos ofensivos e preconceituosos (por mais que eu adore o segundo filme). Aqui não há preconceito e ou gordofobia, apenas duas garotas tentando viver um último dia juntas e curtindo a adolescência em sua totalidade.

Sonhando Através de Palavras

Eu não sou uma pessoa que consome muitas histórias adolescentes, seja no cinema ou na literatura. Personagens jovens não me agradam, e muitas vezes parecem forçados e dramáticos demais para mim. Porém, de vez em quando ainda tento dar uma chance para tais obras e algumas conseguem me surpreender, como aconteceu com Quase 18 e Fora de Série.

Não acho que ambos sejam filmes perfeitos, mas há neles um brilho que devemos reconhecer e pedir por mais, ainda mais por serem dois filmes dirigidos por mulheres distintas, mas as duas sabendo exatamente sobre o que estão narrando.

Por isso, seja você adolesce, jovem adulto ou mais velho, acredito que valha a pena dar uma chance para os dois filmes e absorver o melhor que cada um tem para nós. Até porque essas pequenas diferenças podem ser transmitidas a outros jovens e fazê-los serem pessoas melhores.


Faça sua compra na Amazon através do nosso link (clique aqui) e ajude o blog a manter-se ativo. Sem taxas ou inclusão de valores, você estará nos ajudando a continuar trazendo conteúdo.


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Receba todas as nossas novidades:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *