Literatura

TBR: o que eu irei ler em abril

TBR não é bem o meu forte. Na verdade, eu gosto de escolher o que irei ler na hora mesmo, como se fosse um chamado do livro para ser aberto naquela hora. Mas às vezes uma certa organização é necessária, ainda mais porque eu sou uma pessoa muito indecisa e com isso posso ficar dias tentando escolher um novo livro e não conseguindo.

Como eu agora também estou organizando os meses com antecedência, fazendo um calendário mensal para os posts aqui no blog e para o Instagram, eu já sei quais serão as resenhas literárias desse mês e, por conta disso, quais livros que terei que ler. Então imaginei que assim seria interessante apresentar para vocês a minha humilde listinha de futuras leituras.

Pode parecer muitos títulos à princípio, já que não leio muito por mês, mas a grande maioria são livros relativamente curtos, então acredito que darei conta de todos. Se sobrar tempo, posso incluir uma HQ, ou mangá, ou até um conto. É como a Dilma diz, não é? Ao alcançarmos a meta, nós dobraremos a meta.

Leia também: 5 HQs para ler e amar

Nihil
de Carolina Mancini

Para quem ainda não sabia da novidade, a Carolina Mancini é nossa mais nova parceira aqui do blog. Uma mulher incrível que escreve terror e fantasia sombria e que está com um financiamento coletivo em aberto justamente desse livro que irei ler.

Nihil conseguiu bater a meta para ser publicado em menos de 48 horas e já está indo para a sua segunda meta estendida. É ou não é um sucesso? Além disso, o livro é vencedor do Prêmio Odisseia de Literatura Fantástica 2019 como Melhor Narrativa Longa de Horror.

Essa história narrará o fim do mundo de uma forma que pouco vemos em livros de terror: através de uma neblina que domina todo o mundo e mata quem a adentra. Eu, como fã de terror, estou bem animada para ver até onde essa história vai e como ela poderá entrar em minha mente. Se quiser saber mais sobre o livro e apoiá-lo no Catarse, basta clicar aqui.

Tudo nela brilha e queima
de Ryane Leão

Eu tenho 3 leituras coletivas esse mês e Tudo nela brilha e queima é o nosso escolhido do Clube Claricimas, o meu clube de leituras conjuntas. Vindo de dois meses em que lemos uma duologia de thriller, com livros bem pesados visualmente e psicologicamente, em abril leremos algo mais leve, que será essa coletânea de poemas.

Eu, particularmente, adoro poemas. Porém esse tipo de texto só conversa comigo quando é escrito por mulheres e quando falam de algo além do amor romântico. Tanto é que eu adoro os poemas da Rupi Kaur e da Amanda Lovelace, mas já tentei ler coletâneas de autores homens e estes não me agradaram tanto assim.

Vou tentar dessa vez ler esse livro aos poucos, um poema por dia quem sabe, porque geralmente eu consumo tudo de uma vez e depois fico logo com saudade de reviver todos os sentimentos e sensações. E para quem quiser nos acompanhar nessa leitura basta acessar nosso Instagram e entrar no nosso grupo no WhatsApp que está lá na bio.

O ar que me falta
de Luiz Schwarcz

O ar que me falta é uma autobiografia, onde Luiz Schwarcz relata as vivências de sua família, a sua relação com a depressão e como ambos se interligam. É um livro relativamente curto, mas que contém muita intensidade, emoção e história, pois seu pai conseguiu escapar de um trem que levaria ele e seu avô para um campo de concentração nazista.

Inclusive esse eu comecei a ler ontem, mas não havia conseguido chegar nem na página 50 ainda, justamente por conta da grande carga de emoção e vivência sofrida da família de Luiz, sendo ambas refugiadas no Brasil.

O Luiz tem uma escrita belíssima e os detalhes tão vívidos de seus relatos fazem com que a leitura seja sufocante ao mesmo tempo do que bela, pois é ótimo poder acompanhar essa parte de sua vida e de sua família, mesmo que seja repleta de terror, angústias e contratempos. A parte da depressão também é bastante delicada, mas a forma que ele escreve e a relata faz com que a leitura seja imersiva e totalmente diferente de outras biografias. Já estou gostando muito.


Star Wars – A trilogia
de George Lucas

Em março eu entrei na leitura coletiva do livro Star Wars – A trilogia, o qual contém os episódios IV, V e VI, sendo que leremos um episódio por mês e abril ficou com a leitura do episódio V que já estou ansiosa para ler, pois é um dos melhores filmes da saga inteira – na minha humilde opinião.

A discussão do episódio IV ocorreu por chamada de vídeo e foi bem legal, pois havia pessoas que já conheciam Star Wars por conta dos filmes e outras que estavam tendo o seu primeiro contato através do livro. Eu faço parte do primeiro grupo, tendo assistido a todos os filmes e amado esse universo desde que tive o primeiro contato há uns seis/sete anos.

Mesmo assim está sendo uma experiência incrível ter contato com esse universo através da Literatura, ainda mais por ter alguns detalhes a mais que eu não me lembrava de ter no filme. Os episódios são curtos, sendo o V o menor deles, com menos de 200 páginas. Então sei que lerei rápido e conseguirei passar mais um tempo com esses personagens que eu tanto amo.

Uma terra prometida
de Barack Obama

Olha aí a terceira leitura coletiva do mês! Esse nós iniciamos no finalzinho de fevereiro e tinha como data para encerrar nos últimos dias de março, mas ninguém do grupo conseguiu terminá-lo a tempo, sequer chegar a sua metade. Eu, por exemplo, ainda estou na parte IV, que é 44% do livro.

Por isso Uma terra prometida continuará me acompanhando durante todo o mês de abril. Sendo uma autobiografia recheada de fatos sobre política, vida pessoal e detalhes sobre cada pessoa que passa em sua vida, a leitura torna-se densa e até cansativa em certas partes. Não que isso tire a beleza dos relatos, mas são quase 800 páginas, então chega certo momento que você precisa dar uma pausa e focar em outras coisas.

A leitura está sendo maravilhosa, apesar de certos momentos em que as descrições sobre leis e processos sejam bem confusas para mim. O Obama é uma pessoa incrível e isso fica ainda mais evidente em sua autobiografia ao vermos como ele trata as pessoas e os problemas ao seu redor. Espero conseguir terminar nesse mês, mas se não acontecer também não irei me pressionar. Lerei no meu tempo.

Como eu disse, eu não costumo ler cinco livros por mês, mas como são leituras curtas acredito que abril possa render bastante. Quero trazer resenha de todos esses livros, menos Star Wars, em abril e espero que vocês gostem e se interessem por eles.

No meu Instagram também haverá um especial esse mês: todas as segundas-feiras eu falarei um pouco sobre as protagonistas dos meus contos, sendo assim uma ótima forma de instigar a curiosidade de vocês sobre a minha escrita.

Mas dividam comigo: qual é a sua TBR de abril? E o que você está mais ansioso para ler nesse mês?


Faça sua compra na Amazon através do nosso link (clique aqui) e ajude o blog a manter-se ativo. Sem taxas ou inclusão de valores, você estará nos ajudando a continuar trazendo conteúdo.


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Receba todas as nossas novidades:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *