Cosplay Girl Power Jogos

MEU PRIMEIRO COSPLAY: Chloe Price (Life is Strange)

Eu sou do tipo de pessoa que admira e fica maravilhada com o trabalho dos cosplays. Acompanho os meus artistas preferidos na Internet e a cada dia acabo conhecendo mais um. Mas, mesmo com essa admiração, nunca pensei que um dia eu faria parte dessa arte, até que o momento propício chegou.

Em 2018 eu fui na CCXP pela primeira vez (fiquei devendo um post sobre isso, mas como agora já passou muito tempo não sei se ainda vale a pena publicar). Como todos sabem, esses eventos de cultura geek e nerd são ótimos lugares para encontrarmos e enlouquecermos com cosplays, já que é um mais belo e perfeito do que o outro. É a nossa oportunidade de estar lado a lado com aquele personagem que tanto amamos – e que um dia pareceu impossível de conhecer.

Eu queria muito estar ali e representar uma personagem que é tão importante para mim. Na época não havia tido contato com muitos cosplays da Chloe Price, do game Life Is Strange, por isso pensei que seria interessante me vestir como ela, mesmo que não fosse reconhecida por ninguém. Eu queria apenas ser Chloe por um dia, e então eu fiz.

Reprodução: Biblioteca Pessoal

Conhecendo a personagem:
Quem é Chloe Price?

Chloe Price, quando mais nova, era a melhor amiga de Max Caulfield, a protagonista de Life Is Strange. Após Max ter deixado a cidade logo no momento em que Chloe mais precisou da amiga, ela começa a se sentir sozinha e solitária, vendo na rebeldia uma forma de extravasar toda a raiva reprimida sobre aqueles que a cercam.

Na prequel Life Is Strange: Before the Storm ficamos sabendo como a Chloe tem passado durante esse interlúdio entre a ida e volta de Max. Ela então conhece Rachel Amber, uma outra rebelde que logo se torna sua mais nova melhor amiga – e amor. Elas viveram momentos importantes e marcantes juntas, até que um acontecimento inesperado e devastador do destino arranca Rachel de Chloe, abrindo assim mais uma nova ferida em seu peito.

É então que Max volta para Arcadia Bay e reencontra Chloe, que está totalmente diferente daquela garota mais jovem tão doce e delicada que ficou para trás. O sumiço de Rachel, a morte de seu pai e o abandono de Max transformaram Chloe em uma pessoa fechada e reclusa, mas que quando se abre para alguém mostra o quanto ela ainda é amorosa e atenciosa.

Chloe Price me lembra muito eu mesma, e talvez exatamente por isso eu tenha criado um laço tão grande e intenso com a personagem. Eu me importei com ela a cada minuto dos dois jogos e queria cuidá-la a todo instante. Perdê-la ou salvá-la foram duas decisões que me consumiram demais durante o primeiro jogo e que me fizeram lembrar muito de uma amiga que perdi na vida real.

Eu vivi na pele da Chloe, me apaixonei por cada sorriso e graça da personagem, me senti conectada à ela e me vi em suas ações. E por isso ela foi a minha primeira opção de cosplay, pois queria passar para os outros o tamanho da minha admiração e amor por essa garota de cabelos azuis.

Reprodução: Biblioteca Pessoal

Como foi a minha experiência?

Eu adorei ser Chloe Price por um dia! Na verdade, por dois. E por incrível que parece ainda houveram pessoas que me reconheceram e pediram para tirar foto comigo, o que se tornou o ápice de todo o evento para mim, sendo assim uma experiência inesquecível.

Não me tornarei cosplay profissional, até porque esse não é e nunca foi o meu objetivo, longe disso, mas gostaria de ser Chloe Price mais algumas vezes e, quem sabe, outras personagens que também admiro. A experiência é única e quero repeti-la mais vezes.

Além disso, eu ainda espero conseguir fazer um ensaio completo e com mais tempo para o meu cosplay. As fotos acima são de um ensaio menor e rápido que fiz dentro da CCXP com a fotógrafa Isabelle Neves, que resultou em fotos lindas que guardarei com muito carinho. Mas ainda quero mais! Quem sabe mais para frente, não é?

Leia também: Meu primeiro cosplay: por onde começar?

Ser cosplay não é fácil, muito menos barato. Mas agora entendo porque tantas pessoas adoram essa arte. É maravilhoso se sentir, ao menos uma vez, na pele daquele personagem que você tanto admira, e sentir o carinho das outras pessoas que também dividem a mesma paixão e admiração que você.

Tenho alguns outros personagens em mente que gostaria de colocar em prática nos próximos anos, como a Ravena, mas por enquanto me contento e me divido apenas com a minha Chloe. Mas me digam, vocês também gostam de acompanhar artistas cosplays? Já se arriscaram nessa arte?


Faça sua compra na Amazon através do nosso link (clique aqui) e ajude o blog a manter-se ativo. Sem taxas ou inclusão de valores, você estará nos ajudando a continuar trazendo conteúdo.


💻 Me acompanhe nas redes sociais:
FanPage | Skoob | Instagram | Pinterest

Receba todas as nossas novidades:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *